Marrocos constrói infraestruturas para o desenvolvimento turístico do nordeste do paí

Receita de Marrocos constrói infraestruturas para o desenvolvimento turístico do nordeste do paí

A | A

Tétouan - Uma rodovia marginal de 507 quilómetros, ligando o norte e o leste de Marrocos, foi inaugurada pelo Rei Mohammed VI, visando combater o isolamento da região leste e promover as atividades turísticas.

"O último troço desta circular, cujo custo global do investimento ascendeu a 700 milhões de euros foi inaugurado perto de Tétouan" (noroeste) pelo rei marroquino, segundo a AFP.

A obra, cujos trabalhos começaram em 2007, vai reduzir em cerca de três horas o tempo de viagem entre Saâdia, estação balnear fronteiriça com a Argélia, e Tânger, cidade marroquina do Estreito de Gibraltar.

"Marrocos ganhou a aposta de construir esta rodovia do Rif que foi realizada por várias empresas nacionais" num relevo bastante acidentado, disse o ministro das Infraestruturas, Aziz Rebbah.

Com esta via marginal, cerca de 120 km de orla marítima "podem transformar-se em praias atractivas, tanto para os cidadãos nacionais como para os turistas estrangeiros".

O ministro anunciou que será lançado em breve um concurso público para a criação de marinas na região, bem como o lançamento de uma série de projectos desportivos, especialmente nas modalidades náuticas e de montanha.