Chamas devastam mais de 76.000 hectares de terras na Argélia

Receita de Chamas devastam mais de 76.000 hectares de terras na Argélia

A | A
Cerca de 76.558 hectares de terras, sobretudo no leste da Argélia, foram devastados pelas chamas nas florestas desde 1 de Junho, anunciou, segunda-feira (30), a direcção de Protecção Civil argelina.

Argel - Cerca de 76.558 hectares de terras, sobretudo no leste da Argélia, foram devastados pelas chamas nas florestas desde 1 de Junho, anunciou, segunda-feira (30), a direcção de Protecção Civil argelina.

Mais de 1.487 incêndios tiveram lugar neste país onde o verão é abrasador, destruindo muitas árvores frutíferas e culturas de cereais, indicou o responsável de comunicação junto da Protecção civil, o comandante Farouk Achour, citado pela agência APS.

A região de Constantine, mais de 300 km a leste de Argel, foi a mais afectada, com 673 hectares, maioritariamente terras aráveis, reduzidas a cinzas em três dias de incêndios.

Em termos de superfície, é na wilaya de Sidi Belabbès, a oeste de Argel, que os incêndios foram mais violentos com 1.765 hectares destruídos.

"O factor humano", especialmente "a falta de vigilância" continua a ser a "principal causa" do surto de incêndios, o que requer "a intensificação das campanhas de sensibilização dos cidadãos" inclusive através da imprensa uma vez que "a sessão do verão está apenas a começar", indicou o porta-voz.