Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Tuesday, August 04, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Israel rejeita proposta francesa de trégua de 48 horas

 Imprimir Arabesq | 31/12/2008 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

Israel rejeitou a proposta francesa de um cessar-fogo temporário de 48 horas que visava melhorar as condições humanitárias da população civil em Gaza.

"A iniciativa (francesa) pode se considerar rejeitada oficialmente", declarou um porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores de Israel, Andy David.

Segundo David, uma interrupção momentânea das hostilidades "permitiria ao Hamas se preparar melhor para o combate e o lançamento de foguetes" contra o sul de Israel, o que faz com que não caiba uma parada na operação. "Não seria apropriado. Não se pode confiar no Hamas", declarou o porta-voz.

Segundo um porta-voz do premiê israelense, Ehud Olmert, a proposta não é realista porque não tem garantias explícitas de quer o Hamas interromperá os ataques com foguetes e será proibido de contrabandear armas.

Através de porta voz Hamas tinha se declarado favorável a uma trégua de 48 horas e reforçou sua vontade em prorrogar a trégua existente antes dos ataques israelense, caso Israel se comprometa a cumprir os termos da trégua que havia violado no passado.

Na trégua de seis meses, que venceu poucos dias antes do novo conflito, os dois lados haviam se comprometido a um cessar fogo e Israel teria que manter as passagens para gaza abertas para livre tráfego de mercadorias, suprimentos e combustíveis. No entanto, durante o período da trégua, Israel assassinou 22 palestinos e manteve o bloqueio a Gaza ocasionando uma grave crise humanitária no território palestino. Em resposta o grupo de resistência Islâmica Hamas lançava foguetes de fabricação caseira ocasionando poucos danos a cidades israelenses.

Com a evolução do conflito e a rejeição de uma trégua por parte de Israel, os militantes do movimento islâmico Hamas se preparam para o combate terrestre com as tropas israelenses.
Nesta quarta-feira, o Hamas lançou diversos foguetes contra o território israelense em resposta ao quinto dia consecutivo de bombardeios das forças de defesa de Tel Aviv, que já deixaram ao menos 380 mortos e 1.700 feridos.

O braço armado do Hamas tem aproximadamente 25 mil homens, alguns deles membros de uma unidade de engenharia de bombas e especialistas em construção dos foguetes artesanais Qassam, de poder de fogo limitado.

Desde sábado (27), Israel comanda a operação militar aérea na faixa de Gaza contra os palestinos na Faixa de Gaza.

 Imprimir
No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.