Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Sunday, September 27, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Jornalista Iraquiano depõe frente juiz desconhecido em um tribunal não anunciado

 Imprimir Arabesq | 17/12/2008 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

Na manha desta quarta-feira, o Jornalista iraquiano que jogou os sapatos no presidente americano George Bush, foi apresentado num tribunal não anunciado em Bagdá sob defesa de um advogado nomeado pelo governo iraquiano.

O irmão do jornalista, Uday al-Zaidi, disse que Montazer al-zaidi depôs perante o juiz sendo enquadrado pelo artigo 223 da lei iraquiana que permite pena de até sete anos de prisão, ao invés do artigo 227 com pena máxima de dois anos.

Montazer entrou em contato por telefone com a família na noite de terça-feira (16) informando que seria apresentado ao tribunal na manha desta quarta, e pediu ao irmão que levasse um advogado para defende–lo. Na manha desta quarta Uady encontrou mais de 150 advogados no tribunal criminal central aguardando a chegada de Montazer. Após 5 horas de espera, os advogados foram informados que o jornalista foi encaminhado para um tribunal desconhecido e será defendido por um advogado nomeado pelo governo, perante um juiz desconhecido.

Uday declarou que o julgamento de seu irmão é uma manobra do governo para acalmar a opinião pública, e recorreu para o povo iraquiano passar a exigir a libertação do jornalista e garantir um julgamento justo. No momento Uady não tem conhecimentos sobre o paradeiro de seu irmão. Poucos dias após os acontecimentos Uady informou que o jornalista iraquiano foi torturado e espancado na prisão e está com as costelas e os braços quebrados.

A Casa Branca anunciou que não tem ressentimentos sobre o incidente e cabe ao Governo do Iraque determinar se al-Zaidi deveria ser punida ou não.

Milhares de advogados

O canal “Al-Bagadia” onde trabalha o jornalista anunciou que a comissão de defesa do jornalista será encabeçada pelo presidente da ordem dos advogados no Iraque, que aguarda uma visita para tomar a autorização de defendê-lo.


O presidente da Ordem dos Advogados da Jordânia, Salah al-Armouti, disse que um grande número de advogados árabes se ofereceu para defender al-Zaidi. A União Árabe de Advogados, também anunciou a criação de uma comissão de advogados para o mesmo fim. Centenas de outros advogados de todo o mundo se ofereceram para participar da defesa do jornalista que se transformou no mais novo herói aos olhos de muitos no mundo.

Ampla Solidariedade

Não param de surgir as declarações de solidariedade ao jornalista no mundo. Jornalistas palestinos organizaram uma manifestação solidária com al-Zadi, e sugeriram o dia 14 de dezembro para o dia “Mundial dos Sapatos”. E pediram aos advogados no mundo que elaborem uma acusação, em tribunais internacionais, contra o presidente dos Estados unidos George Bush.

A organização "Jornalistas Sem Fronteiras", exige a libertação imediata do jornalista, e responsabilizou os órgãos de segurança pela sua segurança.

 Imprimir
No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.