Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Thursday, April 22, 2021
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Iniciativas do Catar, Kuwait e Jordânia se unem à líbia pela quebra do cerco a Gaza

 Imprimir Al-Jazeera+ Arabesq | 02/12/2008 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

Após a quebra do cerco por três embarcações de ativistas internacionais do projeto “Free Gaza”, e da iniciativa líbia de prestar assistência humanitária aos palestinos, outras nações árabes e organizações islâmicas anunciaram participar para derrubar o bloqueio israelense à passagem de mantimentos médicos e alimentares para Gaza, que vive uma grave crise humanitária.

O Parlamentar Jamal al-Kudari, presidente da comissão Popular de combato ao cerco imposto à Faixa de Gaza, disse que o Catar enviará, ao final desta semana, navios para romper o cerco .

A embarcação do Catar deve partir do porto de Larnaca no Chipre em direção a Gaza, transportando alimentos e suprimentos médicos para ajudar os palestinos isolados.

Para Jamal, o navio, que será enviado por organizações de caridade do Catar, é prova do desejo da sociedade do Catar de participar na derrubada do injusto cerco israelense, especialmente com a determinação de enviar o navio de assistência apesar de o navio líbio continuar com dificuldades de acesso às praias de Gaza.

Da mesma forma, organizações islâmicas da Jordânia, pretendem enviar uma embarcação de suprimentos médicos e alimentares no dia 20 de dezembro.

Organizações do Kuwait anunciaram também a intenção de participar da quebra do cerco. Mas o navio só deve iniciar sua viagem em dois meses.

Navio Líbio

O navio de ajuda humanitária líbio “Almaroa” permanece ainda em águas internacionais sendo impedido de se aproximar da Faixa de Gaza pela marinha israelense.

A tripulação informou que os navios de guerra israelenses acompanham constantemente o trajeto da embarcação líbia, e ameaçam usar a força caso haja uma mudança de trajetória da embarcação em direção dos territórios palestinos.

O representante do Fundo de Assistência da Líbia, que acompanha a embarcação, confirmou a persistência da Líbia em manter seu objetivo de fazer chegar a assistência aos palestinos de gaza.; e rejeitou os argumentos israelenses que supõem haver armamentos a bordo do navio, “se este fosse o caso, Israel não hesitaria em deter a embarcação”, acrescentou.

Ele confirmou que o navio carrega 3000 toneladas de alimentos e remédios, e têm 18 pessoas a bordo, três jornalistas, ele e 14 tripulantes.

 Imprimir
No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Marinha israelense ameaça usar a força caso o navio de assistência humanitária da líbia se dirija à Faixa de Gaza Marinha israelense ameaça usar a força caso o navio de assistência humanitária da líbia se dirija à Faixa de Gaza
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.