Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Sunday, September 20, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Fatah rejeitou a proposta de diálogo bilateral com a Resistência Islâmica Palestina

 Imprimir Agências | 15/10/2008 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

O Movimento de Libertação Nacional da Palestina (Fatah) rejeitou a proposta de diálogo bilateral com a Resistência Islâmica (Hamas) que expressou surpresa com recentes detenções de seus membros realizadas após conversações em Cairo.

A decisão do Fatah foi considerada pela resistência islâmica "um duro golpe contra os esforços egípcios para o início do diálogo palestino", disse Mahmoud Zahar porta-voz do Hamas, que acrescenta “esta é mais uma prova da falta de seriedade do Fatah em atingir uma reconciliação palestina... O Movimento Fatah, vai assumir a total responsabilidade em caso de eventual interrupção dos esforços árabes pela reconciliação”.

Autoridades do Fatah se defendem ao explicar que o Hamas tenta mudar os planos originais do diálogo no Egito, que prevêem o encontro entre todas as organizações palestinas, simultaneamente, e não só o Fatah e o Hamas.

Fontes do Fatah cogitaram, à Reuters, a possibilidade de elaborar um encontro bilateral, mas após o diálogo que reúne todos os movimentos palestinos.

Apesar de tropeços, o ambiente de esperança e otimismo pelo entendimento palestino permanece entre as principais autoridades em ambos os lados, estimulado pela inevitável necessidade de reunir grupos que lutam pela causa palestina que pode enfraquecer, inclusive no mundo árabe, caso os principais personagens palestinos mantenham uma política de segregação e desentendimento, que pode enterrar de vez a causa mais nobre do povo árabe.

 Imprimir
COMENTÁRIOS
 
ODESSIO D. REIS 10/27/2008 9:12:19 PM
As negociações dentro dessa linha de raciocínio, devem continuar pois ,se as atuais lideranças do Fatah insistem em dar um tiro no próprio pé da Cáusa Palestina e o que é bem pior , da própria Cáusa Árabe, está na hora de consultar e apoiar as vozes de militantes do Fatah que não pactuam com esse posicionamento no mínimo captulador .Desta forma, poderemos obter um consenso verdadeiro na união tácita da Resistência Árabe para a luta contra a tirania Sionista seja ela diplomática ou não. SEM UNIÃO,ainda que TÁCITA, NÃO OBTEREMOS UMA SOLUÇÃO JUSTA E BILATERAL .

Telma Mendes do Rosario 10/31/2008 12:50:57 PM
Assim como num feixe de lenha cada graveto em separado é fraco, porém amarrados unidos ficam fortes, também assim é com com os partidos e pequenas organizaçoes Palestinas. Devem unir-se pelo bem comum de um povo ja tão sofrido administrando as diferenças da melhor maneira possivel.

Marcos Schérr 2/11/2009 8:23:25 PM
Esse Fatah na verdade é uma agremiação que por baixo de todas as podridões, faz o jogo sujo de Israel. Se prepare Marmoud Abbas, o seu dia também chegará, como chegou o de Arafat, por ter se corrompido por baixo do pano, pelo Estado sujo de Israel. Todos aqueles que traíram o povo palestino, em troca do dinheiro sujo de Israel, todos eles foram assassinados pelos criminosos disfarçados de políticos dessa aberração moral que é Israel. Na verdade, esse "Abbas" é um fantoche dos políticos sanguinários e criminosos de Israel. Free Palestine.

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.