Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Sunday, September 27, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Seqüestradores querem reabastecimento da aeronave e a rota para Paris

 Imprimir Agências | 27/08/2008 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

Os sequestradores que desviaram para a Líbia um avião sudanês com mais de 100 pessoas a bordo pediram combustível para viajar a Paris, informou na madrugada desta quarta-feira um fonte aeronáutica líbia.

Segundo um oficial líbio os seqüestradores recusaram se identificar, mas outras fontes transmitem palavras do piloto da aeronave que identifica os seqüestradores como membros do Exército de Libertação do Sudão (ALS), de Abdel Wahid Mohammed Nur, que vive em Paris. O líder do movimento nega qualquer envolvimento da ALS com o seqüestro que considera uma violação aos princípios da organização que não colocaria a vida de civis em risco. Segundo o piloto, pode haver mais de 10 sequestradores a bordo.

As autoridades líbias estão em negociação com os sequestradores que desejam somente o reabastecimento do avião e a rota da viagem à frança. Apesar de resistirem a abrir as portas da aeronave por algumas horas, os seqüestradores cederam momentaneamente e aceitaram a entrada de água .

Informações indicam que os sequestraores teriam aceito libertar as crianças e mulheres no avião como parte do acordo com os negociadores líbios.

O avião foi seqüestrado logo após decolar da região de Darfur (oeste do Sudão) e pousou na terça-feira em Kufra, no sul da Líbia, segundo o diretor da companhia aérea Sun Air, Mortada Hassan.

Kufra é uma cidade oásis no deserto do sudeste da Líbia, na fronteira com o Egito. O Boeing 737 da Sun Air foi dominado pelos sequestradores assim que decolou de Nyala, cidade da província de Darfur, no oeste do Sudão, região devastada por cinco anos de guerra civil.

Aos 20 minutos de vôo, o piloto entrou em contato com o aeroporto de Nyala para informar que o aparelho tinha sido sequestrado e seguia para Trípoli, na Líbia.

O chefe de segurança da Sun Air, Hamza Hassan, informou posteriormente que o avião tinha pouco combustível, após ser proibido de pousar no Cairo. Segundo a companhia, o avião leva 95 passageiros e sete tripulantes.

 Imprimir
No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
os sequestraores teriam aceito libertar as crianças e mulheres no avião como parte do acordo com os negociadores líbios os sequestraores teriam aceito libertar as crianças e mulheres no avião como parte do acordo com os negociadores líbios
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.