Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Wednesday, July 08, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Em fim, livres

 Imprimir Agências | 17/07/2008 A | A
Publicidade
Consciência Jeans
Ontem foi um dia longo para os libaneses, mas terminou com final feliz.  Os cativos libaneses em Israel regressarem a sua pátria mãe e a suas famílias após permanecerem presos por muitos, longos e difíceis anos.
 
Os corpos de mártires libaneses, árabes e palestinos voltaram para suas famílias para serem enterrados novamente com o respeito e a estima que merecem. A partir de agora em seus túmulos estarão presentes seus nomes verdadeiros, após terem sido enterrados da forma israelense, apenas como números no “cemitério dos números”.
 
Ontem, depois de uma longa espera, cinco presos libaneses entre eles Samir Al Kuntar chegaram na cidade de Ras Al Nakura, que se localiza na fronteira entre Israel e o Líbano as 17:30h no horário local, e também chegou o corpo da guerrilheira palestina Dalal Al Mograbi juntamente com 190 corpos de mártires mortos por Israel nos últimos trinta anos.
 
Em Ras Al Nakura, os cativos, agora livres, substituiriam suas roupas de prisioneiros por uniformes militares do Hezbollah, e se dirigiram ao local onde o Hezbollah preparou uma recepção própria para eles. Guardas cerimoniais, marchas militares, pombas da paz e discursos fizeram parte das comemorações que davam as boas vindas a eles.
 
Após a recepção, foram transferidos para o Aeroporto Internacional “Rafik Hariri” em Beirute por helicópteros pertencentes ao Exército libanês e outro das Nações Unidas. No aeroporto foram recebidos com hino nacional Libanês e pelo Presidente da República “Michel Sulaiman”, pelo presidente das câmaras de deputados Nabih Berri, e pelo primeiro ministro Fuad Siniora. Também estiveram na recepção ministros, deputados, lideres de todos os partidos libaneses e representantes dos chefes de todas as denominações religiosas islâmicas e cristãs.
 
O Presidente da República Michel Sulaiman fez um discurso congratulando a volta dos heróis à pátria mãe e considerou a volta deles como uma nova vitória para o Líbano, também felicitou a resistência libanesa representada pelo Hezbollah por conseguir atingir esta importante conquista nacional, e disse esperar que esta vitória servisse de motivação para o fortalecimento da união nacional Libanesa.
 
Depois do presidente terminar seu discurso, os heróis libaneses cumprimentaram todos que estavam os recebendo e foram para uma sala no aeroporto para o encontro emocionado com suas famílias, depois se dirigiram ao estádio situado no Subúrbio Sul de Beirute onde o Hezbollah organizou-lhes uma festa comemorativa por seu regresso.
 
A distância entre o aeroporto e o estádio não passa de sete minutos de carro, porém os carros da comitiva levaram cerca de uma hora e meia para chegar ao estádio, já que as ruas estavam tomadas por centenas de milhares de libaneses que foram  saudar os agora livres heróis que retornaram para o país, na esperança de vê-los mais de perto e ouvir o discurso esperado do secretário-geral do Hezbollah Hassan Nasrallah. 
 
Quando chegaram ao estádio, foram recebidos pelo grande público com canções de vitória e milhares de bandeiras libanesas e do Hezbollah, no estádio também havia uma grande surpresa para todos, logo que eles subiram ao palco principal apareceu ao lado deles Hassan Nasrallah, os abraçou um por um e congratulou a multidão e principalmente ao Ex-Presidente libanês Emile Lahoud, que esteve presente no estádio. Após cerca de cinco minutos o Secretário-geral do Hezbollah deixou o estádio depois de prometer aos cidadãos que faria um discurso através de um telão quando chegasse a um lugar mais seguro. Já que Nasrallah sabe que Israel não mediria esforços para matá-lo, mesmo que signifique levar com ele as centenas de milhares de pessoas presentes no evento.
 
Samir Kuntar que ganhou liberdade fez um breve discurso em que agradece a resistência e o Hezbollah por terem libertado ele e seus companheiros da prisão, e ainda disse: “Voltei da Palestina para ir novamente a Palestina”.
 
Depois o Secretário-Geral do Hezbollah apareceu través do telão no estádio e proferiu um discurso em que agradeceu ao secretário-geral da Organização das Nações Unidas e a Alemanha pelos seus esforços que levaram à libertação dos presos, e considerou que a troca de cativos confirmou a vitória do Líbano e a derrota de Israel, ainda agradeceu várias pessoas por terem contribuído para a vitória do Líbano desde a libertação da ocupação israelense do sul do Líbano em 2000, a vitória na guerra de 2006 e a libertação de todos os cativos que se encerrou no dia 16 de julho de 2008.  Observadores políticos consideraram que o secretário-geral foi muito modesto no seu discurso, por creditar suas vitórias a outras pessoas e forças políticas do Líbano, sendo assim não comentado sobre a importância de seu papel e de seu partido na questão. Nasrallah também manifestou que está preparado para dialogar sobre todas as questões em aberto com todas as forças políticas do Líbano para acabar com as diferenças e para construir um Líbano novo, forte e independente.
 
Assim sendo, ontem foi o encerramento temporário da questão dos cativos entre o Líbano e Israel, é temporário porque os lideres civis e militares israelenses voltaram ontem a ameaçar o Hezbollah, o Líbano e ainda ameaçaram assassinar o cativo que libertaram, Samir Al Kuntar, em solo libanês.
 
Hoje Samir Kuntar começou a adquirir mais força para um novo papel que o espera no Líbano, muitos acreditam que ele terá grande importância na aproximação entre lados divergentes, já que é considerado agora herói nac
 Imprimir
No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.