Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Thursday, April 22, 2021
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Tristeza e humilhação tomam conta de Israel

 Imprimir Arabesq | 16/07/2008 A | A
Publicidade
Consciência Jeans
O Líbano vive um dia histórico, toda a nação se mobilizou ao preparar os festejos de recepção dos recém libertados guerreiros libaneses que lutaram pela liberdade do Líbano, da ocupação israelense. Mas pelo outro lado da fronteira, a tristeza tomou conta de todos os sionistas.
 
O Presidente israelense Shimon Peres tentou amenizar a grande derrota que atinge seu país, ao classificar o dia de hoje como sendo “vergonhoso para os libaneses”.
 
O ministro da Segurança Interna israelense Avi Mofaz salientou que Israel tinha esperanças até o último momento do regresso dos dois soldados, Ehud Goldvasr e Eldad Rguev, ainda vivos.
 
O Ex Ministro das relações internacionais, Silvan Shalom, Criticou o acordo e a troca dos prisioneiros dizendo “Israel pagará um preço muito caro pela libertação de Gilad Shalit, que ainda está vivo.” Em referência ao soldado israelense ainda em poder de movimentos de resistência palestinos.
 
As mídia israelenses transmitiram a critica de Shalom, ao perguntar “porque fizemos aquela guerra se ao final tivemos que retornar os dois soldados dessa forma?”.
 
O ministro da comunicação israelense pediu a todos os meios de comunicação para não transmitirem as comemorações do Líbano pelo retorno de seus recém libertados das prisões israelenses.
 
O porta-voz do exercito israelense manifestou a decepção dos israelenses após a libertação do libanês, Samir Kuntar, em troca de dois soldados mortos.
 
Danny Haran, irmão do policial sionista que foi morto durante o ataque de Samir Kuntar, disse sentir "humilhação e derrota" quando viu a troca dos prisioneiros, dizendo: "seria menos grave se um dos soldados de Israel estivesse vivo, mas quando vimos os caixões entendemos que fomos manipulados”.
 
Para o parlamentar israelense, Arieh Eldad, “agora que temos os corpos dos nossos soldados, devemos transformar a vitória do Líbano em desgraça e desespero... Aquele que capturou nossos soldados vivos e os retornou mortos, deve pagar com a morte”.
 
E assim continua uma longa lista de reações que misturam sentimentos de derrota, desespero, fraqueza e humilhação dentro da sociedade israelense, já que pela primeira vez em sua historia, a guerra e a superioridade militar não foi capas de fazer ajoelhar uma pequena guerrilha que lutava usando sua fé em sua causa, a crença na justiça e seu amor pela sua terra. Hoje não só os libaneses, mas todos os árabes no mundo sentem orgulho e alegria ao viver um momento raro em sua vida, um momento em que foram capazes de vencerem uma das cinco maiores potências militares no mundo. Recuperando, mesmo que com preço alto, seus cinco filhos e centenas de mártires que lutaram até o fim pelos seus direitos.
 Imprimir
No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.