TV egípcia mostra imagens de confrontos em praça do Cairo

Receita de TV egípcia mostra imagens de confrontos em praça do Cairo

A | A

Egípcios armados com facas e pedaços de pau atacaram nesta quarta-feira centenas de ativistas pró-democracia na praça Tahrir, no centro do Cairo, informou a TV estatal.

A emissora exibiu imagens dos confrontos registrados nesta praça que foi o epicentro dos protestos que levaram à queda do presidente Hosni Mubarak em fevereiro.

Os confrontos ocorreram durante reunião do novo gabinete de governo com o Conselho Supremo das Forças Armadas para estudar uma lei que incriminaria a incitação ao ódio e que pode levar à pena de morte, informou a TV estatal.

Os militares tentam manter o controle em vários fronts, depois que 10 pessoas morreram e pelo menos 110 ficaram feridas durante violentos confrontos religiosos no Cairo.

Os confrontos aconteceram na noite de terça-feira, quando os cristãos protestavam contra o incêndio de uma igreja ao sul da capital egípcia.

Os manifestantes foram atacados por salafistas armados, que também abriram fogo contra as casas dos cristãos.

Os coptas (cristãos do Egito) protestavam por causa da violência de que a comunidade foi vítima e que acabou com um incêndio que destruiu grande parte da igreja de Al Shahidaine, situada em Soul, sul do Cairo.

Mais de mil cristãos se reuniram na terça-feira no centro de Cairo enquanto que outros bloquearam uma rodovia para protestar contra esta violência confessional.

Os coptas representam 6 a 10% da população do país, e se dizem vítimas de discriminação e perseguição.