Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Thursday, October 17, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Árabes condenam Israel por ataque a mesquita Al-Aqsa

 Imprimir Arabesq | 29/09/2009 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

O governo palestino apoiado pelo ocidente saudou nesta segunda-feira as pessoas que entraram em conflito com a polícia israelense em Jerusalém em defesa a um santuário muçulmano, e acusou Israel de tentar arruinar as conversas de paz patrocinadas pelos Estados Unidos.

Um dia após os conflitos na Cidade Velha, que feriram cerca de 30 pessoas e fizeram líderes palestinos alertarem para uma terceira Intifada (revolta contra a ocupação israelense), o comunicado do gabinete do primeiro-ministro Salam Fayyad mostrou união entre "moderados" e linhas-dura islâmicos em sua ira contra Israel.

Com o enviado especial do presidente Barack Obama prestes a chegar esta semana ao Oriente Médio para mediar conversas com o objetivo de impulsionar as negociações entre a Autoridade Nacional Palestina e Israel, o embate na cidade sagrada, um dos focos da discórdia, não foi um bom prenúncio.

"O gabinete saúda as pessoas que correram ontem para defender a abençoada mesquita de al-Aqsa e impediram a tentativa de colonos extremistas de invadir o complexo", disse o governo palestino em declaração desde seu quartel-general em Ramallah.

Os relatos do incidente de domingo nas cercanias do terceiro local mais sagrado do Islã variavam. A polícia israelense disse que adoradores muçulmanos atiraram pedras nos turistas. Palestinos disseram que judeus radicais tentaram invadir para marcar a véspera do dia mais sagrado do judaísmo, o Yom Kippur.

O governo de Fayyad disse que a ação israelense foi uma tentativa de frustrar as negociações do acordo de paz, no qual o controle de Jerusalém é um ponto-chave para os dois lados.

A linguagem ecoou a crítica do Hamas, grupo que rejeita um acordo de paz com Israel e controla a Faixa de Gaza, em oposição ao presidente palestino, Mahmoud Abbas, que controla a Cisjordânia.
O líder do Hamas, Khaled Meshaal, exortou o governo a encerrar a cooperação na segurança com Israel e "ativar a resistência, que é a verdadeira resposta".

Os EUA e a Europa não deveriam "interpretar erroneamente o silêncio na Palestina", disse. "Há fogo embaixo das cinzas."

Reações Árabes

A Liga dos Estados Árabes condenou o que chamou de violações israelenses contra o direito internacional com a tentativa de invasão da mesquita al-Aqsa em Jerusalém. Já o Hezbollah no Líbano considerou a agressão israelense uma grande humilhação para o mundo árabe e islâmico, responsabilizando os “regimes falidos que usam as suas nações e recursos para servir o projeto americano e sionista na região”.

O partido libanês considerou ainda que “o que aconteceu no pode ficar impune” e chamou “todos a assumirem as suas responsabilidades perante essa agressão sionista contra a mesquita sagrada de al-Aqsa”.

Outras nações árabes como Síria, Jordânia e Marrocos também condenaram a invasão israelense ao sítio sagrado islâmico em Jerusalém.

Com Reuters e Al-Jazeera

 Imprimir
COMENTÁRIOS
 
Alexsandro 9/30/2009 11:12:54 AM
Desde quando guerra santa é contra a carne ou contra o sangue??? Lute contra os demônios, hostis espirituais, que lança os homens que são imagem e semelhança de Deus uns contra os outros. Abra os olhos, pois que não ama o seu próximo que pode ver, é mentiroso ao dizer que ama e obedece ao verdadeiro DEUS, que é AMOR e não podemos ver! Isso é para um lado quanto para o outro...

Telma Mendes do Rosario 10/4/2009 12:04:42 PM
Desde quando devemos viver de olhos baixos aceitando todas as humilhações sem revidar porque a culpa é do demônio? Se me baterem em uma face certamente não darei a outra, se tiver chance cortar-lhe-ei a cabeça. O mundo naõ é dos bonzinhos. Por outro lado, se me tratar com amor, lembrarei do adágio popular:Amor com amor se paga. Alla seja louvado

ezequiel 1/10/2010 1:13:16 AM
muito antes de existir o islamismo ,já existia judeus no monte,então o monte é de direito de israel... quem foi construido primeiro,o templo de salomão ou al aksa?admiro muito o islam ,mas nesse ponto não.

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.