Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Thursday, October 17, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Quarteto pede que Israel suspenda expansão dos assentamentos

 Imprimir Arabesq | 25/09/2009 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

O quarteto de mediadores da paz no Oriente Médio, composto por EUA, Rússia, União Europeia e ONU, renovou na quinta-feira seu apelo pela suspensão da ampliação dos assentamentos judaicos em territórios ocupados e pelo fim das ações provocativas israelenses em Jerusalém, dois dias depois de o presidente norte-americano, Barack Obama, dar a impressão de que abandonaria essa pré-condição para a retomada do processo de paz.

O grupo disse compartilhar a urgência manifestada por Obama na busca por uma paz durável na região.

"O quarteto pede ao governo de Israel que congele toda a atividade dos assentamentos, inclusive seu crescimento natural, e que evite ações provocativas em Jerusalém Oriental," disse o grupo em nota.

Israel tem dito que alguns assentamentos serão autorizados a se ampliar, obedecendo ao "crescimento natural" das famílias de colonos, algo a que os palestinos e os Estados Unidos já manifestaram sua objeção.

Nesta semana Obama tentou pessoalmente convencer o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o presidente palestino, Mahmoud Abbas, a retomarem as negociações abandonadas desde o ano passado.

Na terça-feira, ele pediu "moderação" na questão dos assentamentos, aparentemente abrandando a postura norte-americana anterior de pressionar por negociações sem pré-condições.

O quarteto também conclamou a Autoridade Palestina a melhorar a situação da lei e da ordem pública, a combater o extremismo e a parar com incitações.

O grupo disse ainda que ambas as partes devem cumprir as obrigações assumidas sob o "mapa da paz" proposto em 2003 pelos EUA, "a despeito da reciprocidade - para criar condições para a retomada das negociações no curto prazo."

Retirada Dos Colonos

O enviado especial do quarteto para o Oriente Médio, Tony Blair, garantiu que a posição dos Estados Unidos contrária à expansão dos assentamentos se mantém, como é previsto pelo “Mapa da Paz”.

Para Blair, um dos paços difíceis que Israel deve tomar para uma solução final é a retirada dos colonos judeus dos assentamentos ilegais em territórios palestinos ocupados.

Com EFE e al-jazeera

 Imprimir
No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.