Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Thursday, February 27, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Jornalista da “Sapatada” no Bush pode ganhar liberdade em 14 de agosto

 Imprimir Arabesq | 21/07/2009 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

Da Redação

O grupo de defesa do jornalista iraquiano que metralhou o ex-presidente americano com seus sapatos em 2008 pediu a libertação do mesmo por já ter cumprido três quartos da sua pena de um ano à qual foi condenado.

O presidente da Ordem dos Advogados do Iraque, Diaa Saad, que comanda a Defesa do jornalista Zaidi, garantiu que o pedido de liberdade é fundamentado no artigo 331 do código penal iraquiano que permite liberdade aos condenados após o cumprimento de ¾ da pena.

Zaidi terá cumprido ¾ da sua pena no próximo 14 de agosto, data em que deve ser libertado segundo o advogado.

Saad explicou que o pedido surge pelo acompanhamento prestado pela ordem dos advogados ao caso, por ser solidária à causa justa do jornalista que rejeitou a ocupação de seu país pelos Estados Unidos, e representa a vontade do seu povo pela liberdade, soberania e independência.

O Tribunal Penal Central havia condenado, em 12 de Março, Muntazer al-Zaidi, um correspondente da rede iraquiana, a três anos de prisão por ter atacado o então presidente George Bush durante a sua última visita a Bagdá no ano passado. Mas em abril o tribunal aceitou um recurso que diminuiu a pena para um ano de prisão.

 Imprimir
No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
“Sapatada” no Bush e Muntazer Zaidi “Sapatada” no Bush e Muntazer Zaidi
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.