Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Wednesday, November 25, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Adolescente sobrevivente Bakari Baya fala sobre queda do avião da Yemenia Air

 Imprimir Arabesq | 01/07/2009 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

A única sobrevivente da queda do avião da Yemenia, no Oceano Índico, viajava com a mãe, desde Marselha, onde residia. É natural das Ilhas Comores e espera a visita do pai, que está na França.

Bakari Baya, uma adolescente de 13 anos, é, até ao momento, a única sobrevivente da queda do Airbus A310 da companhia nacional do Iêmen com 153 pessoas a bordo, nas proximidades do arquipélago das Ilhas Comores.

Hospitalizada em Moroni, capital das Comores, em bom estado apesar da hipotermia, Bakari Baya viajava desde Marselha, França, onde residia, acompanhada pela mãe que ainda não foi encontrada.

Bakari Baya sofreu cortes no rosto e uma fratura na coluna cervical, mas segundo declarações à Reuters de um cirurgião do hospital El Marouf, em Moroni, Baya "Não corre risco de morte. Está muito calma apesar do choque que sofreu".

Bakari Baya "poderá ser transportada para Madagascar ou para França" caso necessário, disse à France Press o responsável do Hospital de Moroni, Abdallah Ibrahim.

O secretário de Estado da Cooperação francês, Alain Joyandet afirmou que "a França vai buscar a menina e estuda como pode ajudar o pai, que vai às ilhas comores para procurar o corpo da esposa".

A jovem sobrevivente de 13 anos foi encontrada agarrada a uma peça do avião, nadando entre corpos e destroços do Airbus A310 da Yemenia Air. Baya resistiu à fúria do mar, no meio de uma mancha de óleo deixada pelo desastre aéreo.

Segundo autoridades locais Baya teria conversado com o pai ao telefone e afirmado que só lembra do avião caindo no mar e pouco depois estava na água, mas ainda não conseguia enxergar nada, foi resgatada, ouvia pessoas falando ao seu redor mais ainda não via nada.

O avião, um Airbus A310-300, que transportava 142 passageiros e 11 tripulantes, caiu na água à 1h50 (19h50 de segunda-feira em Brasília), poucos minutos antes do pouso. O avião tinha saído da capital do Iêmen, Sanaa, com destino às Ilhas Comores.

Inicialmente, o único sobrevivente do acidente havia sido identificado como um menino de 5 anos. Depois, a informação foi corrigida, e o porta-voz do governo comorense, Kamaleddin Afraitane, explicou que a adolescente é "oriunda da aldeia de Niumadzaha", que é localizada no sudeste de Comores, na costa africana.

Até o momento só cinco corpos foram encontrados junto aos destroços da aeronave iemenita. Um barco e um navio franceses de reconhecimento estão a caminho para o local do acidente para apoiar os trabalhos de resgate.

Ainda não há definição sobre a causa do acidente, autoridades francesas acusam o mal estado da aeronave como principal causa do desastre, enquanto os dirigentes da companhia Yemenia defendem que a aeronave foi aprovada recentemente em uma revisão, com a presença de agentes da Airbus, e suspeitam que do mal tempo como um fator agravante.

 Imprimir
No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.