Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Wednesday, November 25, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Menina de 14 anos sobrevive milagrosamente a desastre aéreo da Yemenia Air

 Imprimir Arabesq | 30/06/2009 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

Uma menina de 14 anos é o único sobrevivente encontrado do desastre aéreo ocorrido na manha dessa terça-feira no oceano indico.

Mohammed Abdel-Rahman Abdel Qadir. vice-presidente da aviação civil de Comores, confirmou que as equipes de busca resgataram do oceano uma menina, possivelmente de 14 anos de idade, que estava no voou. Ele não informou a nacionalidade da menina que foi levada a um hospital da capital de Comores, Moroni, e também não há dados sobre seu estado de saúde.

Abdel-Rahman informou também que o avião se submeteu, em 2007, a uma revisão completa, com a participação de especialistas da Airbus, companhia fabricante do aparelho, e que tinha confirmado seu "bom estado".

Mais cedo Abdel-Rahaman havia informado que a sobrevivente era uma criança de 5 anos de idade. Ele admitiu que haviam informações desencontradas sobre o fato.

Um Airbus A310-300 da companhia aérea Iemenita que viajava da Península Arábica para as Ilhas Comores, caiu durante a madrugada desta terça-feira no Oceano Índico com cerca de 153 pessoas a bordo, 142 passageiros e 11 tripulantes.

As operações de busca e resgate localizaram rapidamente os primeiros corpos e destroços. E anunciaram terem encontrado um único sobrevivente, uma menina de 14 anos de idade.

O vôo 626 que partiu de Paris, fez escala em Sanaa, no Iémen, e depois partiu em direção a Moroni, capital do arquipélago de Comores, situado no Oceano Índico, entre Moçambique e Madagáscar. Os radares deixaram de captar o avião entre o Iêmen e as Ilhas Comores.

Os passageiros trocaram de avião quando fizeram escala no Iêmen. De acordo com autoridades da Yemenia Air, a maioria dos passageiros a bordo do avião são franceses ou provenientes do arquipélago de Comores.

“O aparelho caiu no mar, a vários quilômetros da costa, na aproximação a Comores. O acidente aconteceu na aterrissagem”, disse uma fonte no aeroporto de Charles de Gaulle, em Paris.

Uma agência chinesa relata ainda que o avião caiu quando estava a 15 minutos do aeroporto Internacional de Moroni, após abortar uma tentativa de aterrissagem neste aeroporto.

Inda não há confirmação sobre o motivo do acidente, mas fontes oficiais admitiram que as condições metrológicas no aeroporto de destino, Moroni, eram adversas.

Este é o segundo Airbus a cair em junho, contando com o A330 da Air France que partiu do Brasil rumo à frança e caiu no Oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo.

Em 1996, um Boeing 767 da Etiópia, que havia sido seqüestrado no ar, caiu em região próxima ao arquipélago Comores matando 125 mortos; 50 pessoas sobreviveram ao acidente.

 Imprimir
COMENTÁRIOS
 
FLP 9/2/2009 9:17:45 PM
Um Milagre de Deus

ANASTACIO GABRIEL 1/29/2010 3:49:34 PM
AVIÕES NÃO FORAM FEITOS PARA CAIR. QUEM OS DERRUBAM SÃO OS PROPRIOS HUMANOS!

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Familiares choram à espera de mais informações sobre o acidente. AFP Familiares choram à espera de mais informações sobre o acidente. AFP
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.