Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Wednesday, February 24, 2021
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


General Americano: Imagens censuradas mostram estupros de iraquianos por soldados americanos

 Imprimir Arabesq | 28/05/2009 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

Há chocantes imagens de estupro de mulheres e prisioneiros iraquianos entre as fotos que foram censuradas recentemente pela administração Barack Obama, garante um general aposentado americano em entrevista ao jornal "Daily Telegraph".

Antonio Taguba chefiou em 2004 a comissão que investigou as violações de militares dos Estados Unidos na prisão de Abu Ghraib no Iraque, e elaborou o relatório contendo as fotografias sobre estas violações e torturas. Mas Antonio defende a decisão da administração americana que impediu a divulgação das fotos por receio da reação a elas que pode danificar a imagem dos Estados Unidos e ameaçar a segurança nacional do país.

Segundo Taguba, as imagens contidas no relatório mostram “cenas de tortura, abuso sexual, estupros e inúmeros comportamentos escandalosos”, mas acredita que a descrição de seu conteúdo já seria suficiente e questiona a “finalidade da publicação das mesmas... pois isso pode pôr em risco as nossas tropas (Americanas), que protegem a nossa política externa, em um momento que mais precisamos delas”.

Taguba reconheceu que, ao menos, uma imagem mostra um soldado dos Estados Unidos estuprando quem acredita ser uma prisioneira iraquiana, e outra retrata o estupro de um prisioneiro por um tradutor.

O jornal afirma que as outras imagens mostram cenas de tortura e abuso sexual, mais graves do que as divulgadas anteriormente, onde são usados objetos como varas de madeira, fios e tubos com uma substancia fosforescente.

A Daily Telegraph não especifica quem teve acesso às fotos, ou quem as tirou, mas informa que há ao menos 400 delas mostrando chocantes abusos e torturas em Abu Ghraib e outras seis prisões, entre 2001 e 2005.

Com agências internacionais

 Imprimir
COMENTÁRIOS
 
Estéfani José Agoston 5/30/2009 1:47:03 PM
Um general norte americano é que denunciou esses atos vis, abominosos, pior ainda, praticados contra pessoas impossibilitadas de auto defesa, pois prisioneiros. Ser aprisionado, configura ato de sequestro, que dentro das leis que acredito justas, pois contidas no livro sagrado, a Bíblia, é punido com a pena de morte. O aprisionamento de seres humanos é um ato de sequestro, assim o aprisionador deva ser punido com a pena máxima. Claro, em não havendo prisões, o Judiciário deveria julgar rápido e justamente. Não acredito que o profeta do Islã, no Alcorão, tenha de alguma forma apoiado a existência de prisões, cárceres, torturas, também como na Bíblia bem explicito. Cárceres são coisas de inumanos, e também de cristãos que apreciam torturar o próximo. Mas permanece comigo uma dúvida: porque os atingidos por essas torturas não as denunciaram? Porque foi necessário um norte americano? Assim fica bem claro que entre os Homens, sempre existem aqueles de bem, que prezam o bem comum.{position:a

Osmar Alves 11/12/2009 5:42:47 AM
Eu estou tentando achar uma noticia que saiu no NP em meados de 1979 a 1981, cujo titulo era O Montro da Dutra. Precisaria encontrar esta materia pois um dos envolvidos deu as caras por aqui novamente, para ficar mais facil a denuncia seria bom ter a materia em mãos, era uma quadrilha que assaltava os casais de namorados esuprava as mulheres, foram mais de 100 casos, varias vitimas recolheceram o cara que foi preso nesta época, o primeiro nome dele era Arnaldo, ele morreu em presidente venceslau em uma rebelião, cortaram a cabeça dele e jogaram bola no patio. Me ajudem a achar esta reportagem, saiu ate no fantastico na época e em todos os jornais da capital.

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Prisioneiro iraquiano sendo torturado com o uso de cães na prisão de Abu Ghraib Prisioneiro iraquiano sendo torturado com o uso de cães na prisão de Abu Ghraib
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.