Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Sunday, September 27, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Camisetas incitando assassinato de palestinos viram moda entre soldados israelenses

 Imprimir Arabesq | 22/03/2009 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

Uma reportagem do jornal “Haaretz” tratou da moda recente entre os soldados israelenses, especialmente dos grupos de elite, que usam camisetas com frases e desenhos racistas e agressivos a palestinos e muçulmanos, estimulando o assassinato dos mesmos.

A publicação cita fontes de uma confecção do sul de Tel Aviv, que disse estar sendo muito procurada por militares que pedem camisas com estampas e frases em que os palestinos são atacados. 

De acordo com o "Haaretz", as imagens mais pedidas mostram crianças mortas e na mira de rifles, mães chorando sobre os túmulos de seus filhos e mesquitas destruídas por bombas.

Já a frase "Um disparo, dois mortos" acompanha a imagem onde o alvo está sobre uma mulher palestina muçulmana grávida. Outras camisetas carregam slogans “Toda mãe palestina saiba que o destino de seu filho está em minhas mãos”.

Em declarações ao jornal, um soldado da infantaria conta que os oficiais algumas vezes aprovam as impressões, mas que "nem sempre" podem escolher as frases e as imagens.

 Imprimir
COMENTÁRIOS
 
Pedro Pellegrino 3/23/2009 3:49:43 AM
Meu Deus! Quanta ignorância... Não é preciso dizer mais nada, essa matéria já mostra o que vai acontecer com os ultra-direitistas no comando de Israel. Infelizmente a paz está cada vez mais longe.

Marcos Schérr 3/24/2009 8:52:44 AM
Isso já é uma prova total do estágio de degradação moral a que chegou o Estado de Israel, com seus líderes sanguinários e criminosos de guerra. O mundo precisa ficar atento ao comportamento dessa raça em estágio de degradação moral. Aliás, Israel no todo já é uma degradação moral. É um Estado sem base, uma verdadeira "aberração" moral e política. O mundo precisa estar atento ao comportamento deste Estado fabricado em 1948, por interesse de algumas potências. O Estado de Israel é quem verdadeiramente vem impondo ao povo palestino, aquilo que chamamos de "holocausto". Será que realmente houve o "holocausto" de judeus? Quando assisitimos o sofrimento do povo palestino, ficamos na dúvido se houve realmente o "holocausto" de judeus. Um povo que tanto propagandeia o seu "holocausto", não deveria agir do jeito que age com o inocente povo palestino. Free Palestine! Palestina Livre.

ProfDrAbbud 3/26/2009 3:18:41 AM
A xenofobia e a incitação ao fanatismo se fazem presentes em camisetas como estas, nas anedotas de gosto dubitoso sobre Nossa Senhora recentemente exibidas na TV israelense, em invasões de terreiros de candomblé e em pessoas negando o holocausto ou genocídio armênio

Marcos Schérr 3/26/2009 10:51:24 AM
Quem deixa dúvidas a respeito do "holocausto" de judeus, são os próprios líderes políticos isrelenses, que em pleno Século XXI, assassinam velhos, crianças e mulheres palestinas. E isto, não é propaganda, pois o que vimos recentemente em Gaza, através dos noticiários de TV, foi uma realidade do que acontece, não somente alí, que tivemos acesso através de imagens, mas também, do outro lado, na Cisjordânia, onde as atrocidades são cometidas e abafadas pelo covarde exército israelense. Não estou negando o "holocausto" de judeus, mas afirmo que estou vivenciando o inaceitável "holocausto" palestino. Free Palestine. Palestina Livre.

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.