Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Wednesday, July 08, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Olmert: Israel não irá tolerar um Irã nuclear

 Imprimir Agências | 09/02/2009 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

Israel não irá permitir que o Irã produza armas nucleares, não importa qual seja a formação do governo israelense, disse o premiê Ehud Olmert neste domingo, em meio às campanhas para a eleição parlamentar do próximo dia 10.

"O premiê enfatizou que Israel não irá tolerar um Irã nuclear, e que nessa questão, nem o governo nem a oposição, nem nenhum governo futuro irá mudar essa posição israelense", afirmou o gabinete de Olmert em declaração.

Binyamin Netanyahu, do direitista Likud, que lidera as intenções de voto para substituir o centrista Olmert na eleição de terça-feira, indicou que Israel, país que supostamente detém o único arsenal atômico da região, poderia atacar o Irã para destruir seus meios de produção de uma bomba atômica.

Apesar de o Likud de Netanyahu ter de considerar formar uma nova coalizão de governo com o Kadima de Olmert e com outros partidos mais moderados como o Trabalhista, Olmert disse a uma delegação francesa que essas formações são irrelevantes na posição de Israel em relação ao Irã.

Importância estratégica

Os premiês israelenses tradicionalmente garantem a aprovação de líderes de oposição para ações militares de grande importância estratégica, como o bombardeio do reator atômico secreto do Iraque em 1981.

Caso semelhante ocorreu em 2007, quando, segundo a CIA, Israel destruiu um reator secreto da Síria. Antes de agir, Olmert conversou com Netanyahu.

As autoridades iranianas afirmam que seu programa nuclear visa a geração de energia elétrica e negam as alegações de que o objetivo é a produção de armas nucleares.

Apesar de as instalações nucleares iranianas serem distantes, numerosas e fortificadas, alguns analistas acreditam que Israel poderia realizar um ataque.

Os EUA lideram o esforço da comunidade internacional para suspender o enriquecimento de urânio por parte do Irã através de sanções, mas, assim como Israel, não descartam o uso da força.

 Imprimir
COMENTÁRIOS
 
edmundo 2/10/2009 7:28:18 AM
Que beleza, somente o estado judeu é que pode ter a bomba atomica, porque eles são bonzinhos, basta ver como eles tratam os palestinos, para ver quem são os judeus. Se o estado judeu não quer o Irã com a bomba, que ele desfaça das suas, e as mande para os estados unidos, essa de que eu posso e os outro não é uma politica do maior idiota de todos os tempos que é o Sr. Bush. Isto já era, não deu certo.

Marcos Schérr 2/11/2009 8:34:59 PM
Como todo mundo, Israel também tem o seu, e "quem tem... (esperança), tem medo". O Irã não é a Faixa de Gaza. O Irã tem exército regular e também é uma potência militar. A muito tempo que os israelenses vem "latindo", dizendo que vão atacar o Irã, e só não o fizeram, segundo eles, por que depende do aval dos Estados Unidos. Mentira..., só não atacaram por que com o Irã o negócio é mais embaixo e les sabem das consequências de um ataque iraniano de volta. Cachorro que muito late, não morde. Continue latindo Israel, o Irã tem uma coleira e uma bela mordaça, para chefes cachorros, de governos de Estados terroristas.

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.