Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Tuesday, July 14, 2020
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Organização revela expansão de assentamentos israelenses na Cisjordânia

 Imprimir Arabesq | 29/01/2009 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

O movimento israelense “Paz Agora” revelou a contínua expansão de assentamentos ilegais israelenses na Cisjordânia em 2008, e uma velocidade de 60% ao ano. Segundo um relatório publicado pela organização, os israelenses teriam aproveitado a recente guerra na Faixa de Gaza, para construir estradas, expandir os assentamentos e os postos avançados de vigilância.

A publicação deste relatório aconteceu pouco antes da chegada dos enviado Americano para o Oriente Médio, George Mitchell, que criticou no passado a política israelense de assentamentos nos territórios ocupados.

De acordo com os dados divulgados pelo movimento de esquerda israelense, baseados em pesquisa territorial e imagens comparativas de satélite, o número de colonos judeus ilegais em territórios palestinos ocupados subiu para 258 mil, em 2008 foram construídos mais de 1500 edifícios de assentamentos, 700 a mais dos 800 construídos em 2007.
 
O relatório ainda indica que 261 unidades habitacionais foram construídas de forma desorganizada em 2008, 155% a mais das construídas em 2007. 61% de todas as construções foram feitas do lado oeste do ilegal muro de separação israelense.
 
“Paz Agora” alerta também que os colonos aproveitaram a guerra israelense em Gaza para construir novas estradas que preparam para a expansão dos assentamentos. Segundo a organização, nenhuma unidade habitacional ilegal foi derrubada em 2008.
 
A continuação da construção

O relatório critica o governo israelense que havia anunciado o congelamento da expansão dos assentamentos em 2008. A organização ainda acusa o governo de confiscar novas terras palestinas, por diversas alegações, transferindo sua propriedade para o estado israelense.
 
As autoridades israelitas aprovaram em 2008 a construção de centenas de novas unidades habitacionais em assentamentos do lado oeste do muro de separação, especialmente aqueles em torno de Jerusalém, como em Maale Adumim, Ariel e Givat Ze'ev.
 
os grandes projetos de construção se localizaram nos assentamentos de “Modi'in Illit" (35 novos edifícios), "Beit Arie" (27), "Ma'leh Shomron" (19), "Beitar Illit" (18), "Alfei Menasheh" (16) , "Ma'ale Adumim" (13) e "Efrat" (15).
Grandes edifícios foram construídos em "Ofra" (21 edifícios), "Kiryat Arba" (19), e o assentamento "Sheila" (12).

com Al-Jazeera e agências internacionais

 Imprimir
No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.