Wudu (Ablução)

Receita de Wudu (Ablução)

A | A
Entenda o significado da abolição muçulmana antes da oração “Wudu” e a forma de realizá-la.

Alcorão Sagrado - C:5 V:6
“Ó fiéis, sempre que vos dispuserdes a observar a oração, lavai o rosto, as mãos e os antebraços até aos cotovelos esfregai a cabeça com as mãos molhadas e lavai os pés até os tornozelos. E, quando estiverdes polutos, higienizai-vos; porém, se estiverdes enfermos ou em viagem, ou se vierdes de lugar escuso ou tiverdes tocado as mulheres, sem encontrardes água, servi-los do tayamum com terra limpa, e esfregai com ela os vossos rostos e mãos. Deus não deseja impor-vos carga alguma; porém, se quer purificar-vos e agraciar-vos, é para que Lhe agradeçais.”

Antes de praticar a oração (um dos principais pilares práticos do Islã) o muçulmano deve fazer o preparo chamado de (Wudu). Rito citado no alcorão que além da limpeza física, visa especialmente a purificação e o preparo espiritual antes da oração. Pois para realizar o (Wudu) o muçulmano deve estar limpo fisicamente.

Caso esteja em ambiente sem água, ou outras condições que não o permitem realizar o Wudu, o muçulmano pode utilizar do Tayamum (Ablução seca), usando as mãos cobertas por fina camada de terra limpa para esfregar o rosto e as mãos até o pulso.

Forma de realizar o wudu:

Há diversas metodologias de realizar o Wudu, uma obrigatória que segue somente o alcorão, e outras com acréscimos baseados nos ditos (Ahadith) sobre o profeta Maomé (Muhammad S.A.A.S).

Versão obrigatória:
1. Declarar no coração a intenção (niyyah) do “Wudu”
2. Lavar o rosto
3. Lavar as mãos e os antebraços
4. Passar a mão úmida sobre a cabeça;
5. Lavar os pés até os tornozelos;


Versão baseada nos ditos sobre o profeta:
1. Declarar no coração a intenção (niyyah) do “Wudu”
2. Dizer em voz baixa “Bismillah” (em nome de Deus)
3. Lavar as mãos e os antebraços (3 vezes)
4. Enxaguar a boca (3 vezes)
5. Enxaguar as narinas inalando água e depois a expelindo (3 vezes)
6. Lavar o rosto desde a testa até o queixo (3 vezes)
7. Lavar os antebraços (3 vezes)
8. Esfregar a mão úmida sobre a cabeça
9. Limpar o interior e exterior dos ouvidos com as mãos molhadas
10. Lavar os pés até os tornozelos

Em todas as etapas sempre lavam o lado direito antes do esquerdo.

Ao fim destas etapas os muçulmanos devem recitar em silencio:
 “Ash-hadu ana la ilaha  illa allah wa ash-hadu anna Muammadan abduhu wa rasuluh."
(testemunho que não há divindade além de Deus, e testemunho que Maomé é seu servo e mensageiro).

Não é necessário repetir do Wudu cinco vezes ao dia (número das orações diárias irrigatórias), pois o primeiro é válido para as cinco orações do dia, a menos que ocorra uma das seguintes situações:

1. Urinar, defecar, soltar gazes ou vomitar.
2. Sangrar.
3. Sofrer perda da consciência por qualquer razão.
4. Adormecer profundamente ou experimentar sonolência.
5. Manter qualquer tipo de contato ou atividade sexual (neste caso não é só necessário fazer o Wudu, mas antes disso o muçulmano deve se utilizar do banho).
6. Ter contato físico com alguém do sexo oposto (ex: abraço, aperto de mão, etc...).

Arabesq
Textos assinados pelo portal arabesq são resultados de pesquisas realizadas pela equipe de pesquisadores do Portal Arabesq
pesquisa@arabesq.com.br