Dina al-Sabah – A primeira mulher árabe no fisiculturismo profissional

Receita de Dina al-Sabah – A primeira mulher árabe no fisiculturismo profissional

A | A
Dina al-Sabah é a primeira mulher árabe a se profissionalizar em fisiculturismo, quebrando tabus ao mostrar o seu corpo em competições e fotografias sensuais bem abusadas.

Dina al-Sabah é a primeira mulher árabe a se profissionalizar em fisiculturismo, quebrando tabus ao mostrar o seu corpo em competições e fotografias sensuais bem abusadas.

Dina nasceu em Beirute em 1974, mas é descendente de Salim Al-Mubarak al-Sabah que comandou o Kuwait de 1917 a 1921. Seus antepassados já haviam comandado o país por mais de dois séculos.

Dina foi criada no Egito, no Marrocos, na Itália e no Reino Unido, locais nos quais passou a praticar o hipismo e outros esportes em competições amadoras. Se formou em engenharia elétrica e computação, e obteve MBA da George Washington University em Washington.

Recém chegada a Londres em 1991, al-Sabah frequentou muito a academia por ter poucos amigos na cidade. Aos poucos descobriu sua paixão pelo fisiculturismo e passou a treinar  profissionalmente quando foi aos Estados Unidos em 1994.

Dina começou a competir no esporte em 1999 mas só obteve o registro de atleta profissional da IFBB (Federação Internacional de Fisiculturismo) em 2002, o que causou polemica no mundo árabe e gerou fortes reações favoráveis e contrárias à sua atividade.

Ao longo de sua carreira Dina ganhou alguns títulos, o mais importante foi o quinto lugar na Olimpíada de Fisiculturismo em 2003. Hoje Dina continua a sua carreira como modelo e personal-trainer, aparecendo frequentemente em revistas como Oxygen, Ironman, American Curves, Muscle and Fitness e Muscle Mag.

Dina al Sabah