Principal > Economia > Notícias
Português العربية
publicidade
    Monday, September 16, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


A Crise direciona Abu Dhabi pra mudança na estratégia econômica

 Imprimir Al-jazeera | 08/10/2008 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

Alto funcionário do governo de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, confessou que a crise financeira global direciona o Emirado a uma mudança na sua estratégia de desenvolvimento econômico.

O diretor do Planejamento no emirado de Abu Dhabi, Mohammed Omar Abdullah, disse em coletiva, hoje, "Sem dúvida, existem efeitos negativos da crise financeira sobre a economia do emirado. Todos os setores econômicos no Emirado analisam a crise e desenvolvem estratégias para lidar com ela e reduzir seus impactos negativos. Estamos agora revendo a nossa estratégia econômica de modo a não centrar os investimentos no setor imobiliário".

'a crise financeira global direciona o Emirado a uma mudança na sua estratégia de desenvolvimento econômico'.
Mohammed Omar Abdullah

Mohammad Omar, acredita que "os bancos e o setor imobiliário serão os mais afetados pela crise global", mas ressaltou que esses danos "não serão profundos ou difíceis de conter”, pois o emirado é um dos maiores produtores de petróleo no mundo, injetando grandes investimentos em infra-estrutura e tem um ritmo de crescimento social sem precedentes. 

Para tranqüilizar o mercado e limitar a especulação, Omar afirmou que a crise financeira mundial não afetará os projetos realizados em Abu Dhabi, já que não enfrentarão problemas de financiamento.

Esta foi a primeira declaração oficial de um alto funcionário do governo de Abu Dhabi, que confirma o impacto da crise sobre a economia do Emirado mais rico do mundo. 

O governo não comentou as informações divulgadas pelas mídias nos últimos dois dias que especulam a união entre o Banco Nacional de Abu Dhabi e o Banco Comercial de Abu Dhabi, os dois maiores bancos, face às repercussões da crise. O governo do emirado é dono de 60% dos dois bancos.

'a abundância da liquidez no emirado, resultante de um aumento sem precedentes do produto interno bruto, limita o impacto da crise financeira'.
Salah Amir Al-Shamsi

Abu Dhabi está atualmente implementando projetos em infra-estruturas e setor imobiliário com custo de mais de 1.2 trilhões de dirhams (328 bilhões de dólares), dos quais 192 dirigidos a projetos imobiliários, 60 ao turismo, 13 para infra-estrutura de energia e recursos hídricos, 24 para o desenvolvimento dos setores de gás e petróleo e 50.6 na indústria.

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria de Abu Dhabi, Salah Amir Al-Shamsi, vê que o impacto da crise financeira será limitado na região, lembrando que a ‘abundância da liquidez no emirado, resultante de um aumento sem precedentes do produto interno bruto, limita o impacto da crise financeira’.

Salah acredita que o emirado não hesitará para finalizar os grandes projetos de desenvolvimento, e deve encontrar meios de reduzir a inflação para menos de 8%, para atrair “o maior número de investidores locais e estrangeiros". 

Al Shamsi alertou sobre o erro daqueles que acreditam na fuga do investidor estrangeiro de Abu Dhabi devido à queda no mercado acionário, salientando que Abu Dhabi é terra virgem para investimentos, e os investidores estrangeiros conhecem a força da sua economia. 

A Câmara do Comercio espera um aumento do PIB do Emirado de Abu Dhabi para os 136 bilhões de dólares, 14% acima do ano passado. O que representa 60% do PIB dos emirados, seguido por Dubai com 27%, Sharja 6%, e os emirados restantes que somam 4%.

www.aljazeera.net

Tradução: Portal Arabesq

 Imprimir

No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq

Países Árabes