Importações de países árabes crescem 34% até julho

Receita de Importações de países árabes crescem 34% até julho

A | A

São Paulo - As exportações brasileiras para os países árabes totalizaram US$ 7,8 bilhões no acumulado de janeiro a julho de 2012, o que representa um crescimento de 0,33% em relação ao mesmo período de 2011. As importações provenientes dos países árabes também registraram aumento, fechando o mesmo período com US$ 7.3 bilhões e crescimento de 34% em relação ao ano anterior.

"O relacionamento comercial entre Brasil e países árabes se mostra aquecido e os produtos com maior interesse para exportação são carnes, açúcar, minérios e cereais", diz Michel Alaby, diretor geral da Câmara Árabe-Brasileira.

Do total de US$ 7,8 bilhões registrado pelas exportações brasileiras aos países árabes, a Arábia Saudita lidera como principal destino, com vendas no valor de US$ 1.6 bilhão. Em seguida, estão os Emirados Árabes Unidos (US$ 1.3 bilhão) e o Egito (US$ 1.2 bilhão).

Das importações brasileiras dos países árabes, a Argélia lidera registrando US$ 2.4 bilhões, seguida da Arábia Saudita (US$ 2.1 bilhões) e do Kuwait (US$ 715,42 milhões). Destaque para o aumento das importações de ferro fundido/aço, alumínio, vidros, aparelhos e materiais elétricos.

Com intuito de viabilizar negócios, a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira em parceria com a Apex – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos participam da feira Big 5, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Diversas empresas brasileiras, da área de construção civil irão oferecer seus trabalhos com a flexibilidade e credibilidade, já reconhecida por países árabes. Entre 05 e 08 de novembro, empresários brasileiros terão uma excelente oportunidade em expandir os negócios neste setor.