Principal > Economia > Notícias
Português العربية
publicidade
    Monday, September 16, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Emirates está preocupada com imagem do A380

 Imprimir GN | 12/11/2010 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

Dubai: Emirates, a maior operadora de Airbus A380, disse que a explosão do motor na semana passada, da Qantas Airlines é um "grande chamado de despertar" para evitar outro incidente que possa afastar clientes do maior  avião de passageiros do mundo.

Uma das quatro turbinas Rolls-Royce explodiu em um A380 da Qantas logo após decolar de Cingapura em 04 de novembro, forçando uma aterragem de emergência e danificando uma das asas.

A explosão levou Qantas a suspender o uso da sua frota de A380 para mudar os motores Rolls-Royce. Todos os avioes A380 da Emirates Emirates trabalham com turbinas da General Electric e Pratt & Whitney.

"Estamos preocupados e observando muito de perto", disse o presidente da Emirates Tim Clark, nessa quarta-feira em uma entrevista em Londres.

"Nós realmente não queremos esta aeronave fique com a reputação manchada por falhas em determinadas áreas. Não permitiremos um efeito de contágio", acrescentou. A agencia europeia de serguança da aviação ordenou as companhias aéreas a efetuar inspecção obrigatória em intervalos regulares de motores Trent 900 usados em aeronaves A380.

Emirates encomendou 90 aviões A380, no total, uma vez que tais aeronaves podem conectar quaisquer dois pontos no mundo com uma única parada em Dubai.

Qantas, a maior companhia aérea da Austrália, baseado em Sydney, manteve a sua frota de A380 inativa por oito dias, enquanto continuam as inspeções dos motores para sondar potenciais vazamentos de óleo encontrados em três dos seus aviões.

A Rolls-Royce disse que o incidente é isolado para a turbina Trent 900, projetada especificamente para o A380. Ninguém ficou ferido no pouso de emergência do avião da Qantas.

A Airbus, que está auxiliando a investigação para descobrir a falha no motor Trent 900 da Qantas, está confiante de que a Rolls-Royce "vá achar e corrigir o problema", disse ontem Tom Enders, principal executivo da Airbus.

"Não há razão para não voar no A380."

Mais de 70 aeroportos estão equipados para lidar com o A380 de dois andares, que tem uma envergadura (de 80 metros e 239 metros de comprimento).

Emirates tem voous com o A380 para Jeddah, a segunda maior cidade da Arábia Saudita, e Manchester, na Inglaterra.

O A380, concebido para explorar o lucrativo mercado de longa distância dominado por décadas pelo jumbo 747 da Boeing, agora opera em cinco companhias aéreas.

 Imprimir

No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Emirates está preocupada com imagem do A380 Emirates está preocupada com imagem do A380
Rádio Arabesq

Países Árabes
<
Arábia Saudita Argélia Bahrein Catar Djibouti
Egito Emirados Iémen Ilhas Comores Iraque
Jordania Kuwait Líbano Líbia Marrocos (em construção)
Mauritania (em construção) Omã Palestina (em construção) Síria Somália
Sudão Tunísia
VEJA TAMBÉM
MAIS VISTOS
Taxas

Moedas

Compra

Venda

Dinar Argelino

62.85

62.96

Dinar do Bahrein

0.37

0.37

Dinar Iraquiano

1,197.60

1,198.60

Dinar Jordaniano

0.70

0.701

Dinar Kuwaitiano

0.27

0.27

Dinar Líbio

1.19

1.19

Libra Sudanesa

2.05

2.06

Dinar Tunisiano

1.17

1.17

Dirham EAU

3.67

3.68

Dirham Marroquino

7.29

7.36

Franco Comorense


Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.