Egito impõe nova taxa para importação de açúcar

Receita de Egito impõe nova taxa para importação de açúcar

A | A
A taxa de USD 90/tonelada pode afetar as exportações brasileiras para o país

O Ministro do Comércio e da Indústria do Egito, Rashid Mohamed Rashid, anunciou a taxa de 90 dólares por tonelada que será imposta pelo governo egípcio à importação de açúcar refinado.

Rashid disse na quinta-feira no Cairo que o mercado do Egito foi saturado nas últimas semanas com grandes quantidades de açúcar, levando o governo a tomar medidas que protejam a industria nacional em conformidade com as regras da organização mundial do comércio.

O novo imposto será acrescentado à taxa de 10% aplicada para o açúcar branco.

Mas o ministro não esclareceu a origem do aumento das importações, dizendo que tais importações têm diferentes origens.

Rashid informou que a revisão dos dados do mercado levou o governo a acreditar que um mecanismo seria necessário para proteger a indústria local durante um período de tempo indeterminado.

O Egito consome aproximadamente 2,2 milhões de toneladas de açúcar ao ano e produz cerca de 1,4 milhões de toneladas. O Brasil tem participação em mais de 60% das importações egípcias de açúcar.

Segundo um comerciante local, a tonelada de açúcar branco refinado está sendo vendida no mercado egípcio entre 425 e 440 dólares, incluindo frete e seguro.

com agências internacionais