Principal > Cristianismo > Santos
Português العربية
publicidade
    Monday, September 23, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Os Santos - descrição e classificação

 Imprimir Dimitrios Attarian | 19/10/2008 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

Por
Monsenhor Dimitrios Attarian*

A doutrina da Igreja se faz viva na vida dos verdadeiros crentes, os santos. São eles que literalmente compartem a santidade de Deus: “Portanto vós vos santificareis, e sereis santos, porque Eu sou Santo”(Lev.11,44). As vidas dos santos atestam a autenticidade e a verdade do Evangelho Cristão, o presente seguro da santidade de Deus aos homens.

Na Igreja existem diferentes classificações de santos. Ademais dos Santos Padres, que são glorificados específica e especialmente por seus ensinamentos, existe uma tipificação de santos segundo os aspectos particulares de sua santidade.

Assim temos aos Apóstolos, que foram enviados para proclamar a Fé Cristã; os Evangelistas que especificamente anunciaram e escreveram os Santos Evangelhos; os Profetas que são diretamente inspirados para comunicar a Palavra de Deus aos homens. Também temos aos defensores, que sofreram pela Fé; aos Mártires que por ela morreram; aos chamados Santos, que foram monges e monjas; e aos Justos, santos dentre os laicos.

Ademais, os livros dos Ofícios da Igreja mencionam com título a parte, aos santos que pertenciam ao clero, aos que foram governantes ou homens de Estado, e também aos que denominam “Loucos ou Insensatos” por causa de Cristo, ou seja, àqueles santos que testemunharam o Evangelho do Reino dos Céus mediante sua total despreocupação pelas coisas que geralmente as pessoas consideram tão necessárias tais como: roupas, comida, dinheiro, segurança, posição, reputação, etc... Estes santos recebem sua denominação de uma frase do Apóstolo Paulo: “nós somos loucos por amor de Cristo” (1ª Cor.4,10).

Existem muitos escritos sobre a vida dos santos na tradição ortodoxa, as chamadas “hagiografias”. Sua atenta leitura e estudo podem dar muitos frutos espirituais para o descobrimento do significado da Fé e da vida cristã. Nestes relatos se vê claramente a visão cristã de Deus, do homem e do mundo. Como estes livros foram escritos em épocas muito diferentes à nossa, é necessário lê-las cuidadosamente e com muita atenção para poder distinguirem-se os pontos essenciais dos adornos, às vezes imaginários, que freqüentemente foram neles incluídos. Na Idade Media, por exemplo, era costume modelar as vidas dos santos segundo obras literárias anteriores e inclusive adornar as vidas dos santos menos conhecidos para que se assemelhassem aos santos anteriores do mesmo perfil. Era também bastante comum agregar muitos elementos, particularmente acontecimentos sobrenaturais e milagrosos dos mais extraordinários, para confirmar a real santidade do santo, e assim assegurar a aceitação de sua bondade e verdade espiritual, e também para fomentar e nutrir a imitação de suas virtudes na vida dos ouvintes e leitores. Em muitos casos, o milagre era agregado para enfatizar a retidão ética e a inocência do santo em seu encontro com seus detratores.

Geralmente não se necessita muito esforço para distinguir a sólida verdade, na vida dos santos, das adições feitas com espírito de piedade e entusiasmo, em épocas posteriores; más, se for necessário, devemos nos esforçar para encontrar a verdade essencial em suas vidas. No entanto, o fato de que elementos de uma natureza milagrosa foram agregados às vidas dos santos durante a Idade Média por motivo de edificação, não deve levar-nos à conclusão que todo fato milagroso que encontrarmos em suas vidas foi inventado por algum motivo literário ou moralizador.

Novamente, uma leitura estudiosa das vidas dos santos quase sempre revelará o que é autentico e verdadeiro no milagre. Ademais, já dissemos, e com razão, que podemos também aprender muito, tanto sobre o verdadeiro significado do Cristianismo nas lendas dos santos, produzidas dentro da tradição da Igreja, como das mesmas vidas autenticas.

 Imprimir
Monsenhor Dimitrios Attarian
Vigário da Catedral Ortodoxa Antioquina de São Paulo e secretário do Arcebispado. Ministra varios cursos de Ecumenismo e é professor de história e doutrina ortodoxa no Seminário da Congregação dos Legionários de Cristo em Itapecirica da Serra.
monsenhor@arabesq.com.br

COMENTÁRIOS
 
coelinhamm 12/13/2008 12:33:22 PM
por favor gostaria de conhecer mais sobre o Cristianismo Puro...

nahla daniel hajjar 3/20/2009 11:26:41 PM
parabens,monsenhor Dimitrios,adorei as informação.... nahla

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
São Paulo São Paulo
Rádio Arabesq
Relacionados
Ads By Google

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.