Principal > Cristianismo > A Fé Cristã
Português العربية
publicidade
    Monday, June 24, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Santa Tradição

 Imprimir Dimitrios Attarian | 15/06/2008 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

O permanente na vida do Povo de Deus se chama Santa Tradição. A Santa Tradição do Antigo Testamento se expressa na Bíblia naquilo que permanecerá na vida do povo de Israel até o nascimento de Cristo. Esta Tradição se cumpre, se completa e transcende na época do Messias e na Igreja Cristã.

A Tradição Neotestamentária ou Tradição Cristã, também é chamada de Tradição Apostólica e Tradição da Igreja. A parte central escrita desta Tradição se encontra nas Escrituras do Novo Testamento. Os Evangelhos e os outros escritos da Igreja Apostólica formam o coração da Tradição Cristã, e são as principais fontes escritas de inspiração de tudo o que se desenvolveu nos séculos seguintes.

Esta Tradição foi passada de povo a povo, no espaço e no tempo. A palavra Tradição, em si, significa exatamente isso: "transmitido, entregue” de pessoa a pessoa. A Santa Tradição, portanto, é aquilo que se transmite de pessoa a pessoa, e que foi entregue dentro da Igreja desde os tempos apostólicos até os nossos dias.

Ainda que esta Tradição contenha muitos documentos escritos, não se limita somente a eles, não é unicamente um corpo literário. É em si, toda a vida e experiência da Igreja transferida de lugar a lugar e de geração a geração. A Tradição é a vida da Igreja, inspirada e guiada pelo Espírito Santo.
No entanto, o que se encontra na Igreja pertence a sua Santa Tradição, pois no todo, o que se faz na Igreja é obra do Espírito Santo e pertence essencial e necessariamente ao Reino de Deus.

Algumas das coisas que encontramos na Igreja são somente temporais e transitórias, meros costumes e tradições que não possuem nenhum valor eterno. Tais coisas em si, não são más, ao contrário, podem ser positivas e muito úteis para a vida da Igreja, sempre e quando se as aceite pelo que são e não por outro motivo. Portanto, é imprescindível dentro da Igreja distinguir as diferenças entre aquelas tradições que são somente terrenas e humanas e a verdadeira Santa Tradição que pertence ao Reino de Deus, Celestial e Eterno.

Também é importante reconhecer que existem na Igreja certas coisas que não pertencem a Santa Tradição e que tão pouco se deve contar entre suas tradições humanas positivas. Estas coisas são simplesmente más e são trazidas para a Igreja do mundanismo. A Igreja, em sua parte humana como instituição terrestre, não é imune aos pecados de seus membros que não são santos. Estes desvios e erros que entram na vida da Igreja são julgados e condenados pela autêntica e verdadeira Santa Tradição que nos vem de Deus.

Entre os elementos que constituem a Santa Tradição da Igreja, a Bíblia tem o primeiro lugar, em seguida vem a vida litúrgica e sua oração; suas decisões dogmáticas e os atos aprovados nos Concílios; os escritos dos Santos Padres, a vida dos santos, a lei canônica e finalmente a tradição iconográfica junto a outras formas inspiradas de expressão artística criativa, como a música litúrgica e a arquitetura.

Todos os elementos da Santa Tradição estão organicamente unidos na vida real. Nenhum deles pode estar separado do corpo inteiro. Nenhum pode se isolar dos demais ou da plenitude da vida da Igreja. Enquanto a Igreja seguir vivendo pela inspiração do Espírito Santo, a Santa Tradição seguirá crescendo e desenvolvendo-se, este processo continuará até o estabelecimento do Reino de Deus no fim dos séculos.

 Imprimir
Monsenhor Dimitrios Attarian
Vigário da Catedral Ortodoxa Antioquina de São Paulo e secretário do Arcebispado. Ministra varios cursos de Ecumenismo e é professor de história e doutrina ortodoxa no Seminário da Congregação dos Legionários de Cristo em Itapecirica da Serra.
monsenhor@arabesq.com.br

COMENTÁRIOS
 
José Carlos Barbosa 8/30/2008 7:54:26 PM
Sou católico, ex-seminarista e estou fazedo um curso sobre As Sagradas Escrituras, na Faculdade de POuso Alegre-MG. Já sou sexagenário. Pergunto: Por que sem a Tradição,a Bíblia não tem sentido? É verdade que se não fosse a Igreja Católica, a Bíblia não seria como ela é hoje? A Igreja é anterior ao Novo Testamento? Sem a Tradição não teríamos a Bíblia? Muito obrigado.

Alessandro Hipólito Goçalves. 1/2/2009 12:54:49 PM
Visto Que a Igreja Catolica Não e a Igreja de Cristo Na Face da Terra Ele Não Deixou Igreja especifica ate porque a Igreja Catolica Nasceu do Judaismo. se Não Martinho Lutero Não Teria Lutado por Uma Reforma Daquilo Que e Contrario a BIBLIA sagrada. Mais a Muitos Teologos Querendo Acrescentar E Diminuir A BIBlia Sagrada.

Jessica 6/21/2009 7:31:44 PM
ola padre. estou fazendo uma pesquisa sobre o significado e origem do número 33 para as religiões orientais. Ex: jesus morreu com 33 anos;33 é o numero de oracões dos muçulmanos(masbaha). mas esta dificil...gostaria de sua ajuda.obrigada.

DAL 10/18/2011 8:22:51 PM
Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o, e se Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu. I REIS. 18.21 ESTARIA A IGREJA ENCIMA DO MURO? OU A BIBLIA OU A TRADIÇÃO!

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Relacionados
Ads By Google

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.