Fernando Haddad é homenageado pela comunidade árabe islamica em São Paulo

Receita de Fernando Haddad é homenageado pela comunidade árabe islamica em São Paulo

A | A
Na sexta feira 24 de agosto, o Ex-Ministro da Educação Fernando Haddad foi homenageado com um jantar promovido pela Federação das Associações de Muçulmanos do Brasil e a Comunidade Árabe de São Paulo.

Na sexta feira 24 de agosto, o Ex-Ministro da Educação Fernando Haddad foi homenageado com um jantar promovido pela Federação das Associações de Muçulmanos do Brasil e a Comunidade Árabe de São Paulo.

Dezenas de lideranças políticos, empresariais, religiosas e de movimentos sociais, estiveram presentes no evento, que contou ainda com a presença do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.
No discurso dos anfitriões, representando a Federação das Associações Muçulmanas do Brasil, o vice-presidente da Fambras, e empresário na área de educação, Ali Hussein El Zoghbi, pronunciou-se elogiando a atuação de Haddad no Ministério da Educação. Como também empresário na área da educação, Ali Zoghbi ressaltou, os inúmeros projetos que o ex-ministro implantou e desenvolveu enriquecendo a educação no Brasil.

Outro anfitrião que também usou a palavra foi o Dr. Riad Yunes, diretor do Hospital Sírio Libanês, que se pronunciou em nome das comunidades árabes de São Paulo. Dr. Riad fez referências históricas sobre a presença dos árabes e muçulmanos no Brasil, reflexões dos valores como a ética, honestidade, a justiça e a fraternidade, além do combate aos preconceitos.

Lula não se pronunciou, mas o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, falou do trabalho desempenhado por Haddad durante o período que coordenou a pasta e destacou o reconhecimento do Estado da Palestina.

O último a falar foi Fernando Haddad, emocionado, se referind aos presentes como "A nossa comunidade" dedicou parte de seu pronunciamento lembrando seus antepassados libaneses, principalmente seu pai e avô. Além disso, o candidato agradeceu a confiança e reafirmou seus princípios políticos que se baseiam na: “honradez, a ética e os sentimentos de justiça social”. Em referência ao ex-presidente, o candidato disse que se inspira em seu exemplo, “líder apaixonado pela transformação da sociedade”, para fazer o melhor plano de governo para a cidade de São Paulo.

Com informações da FAMBRAS